ADORÁVEIS BRUXAS

SER BRUXA é amar a natureza acima de todas as coisas, é se encantar com a formiga que passa carregando sua folhinha nas costas, observar o por do sol, gostar de vento, tempestade, prestar atenção nas mudanças da lua, é gostar de gente e de bicho também. É respeitar a individualidade do outro sem querer mudar o destino de ninguém, respeitar as escolhas alheias e fazer orações que levem alegria aos corações quebrantados. É entender de erva, de chá, de florzinhas, de aromas, é gostar de cheiro de terra e de cheiro de bolo. Amar tomar banho de rio, de mar ou de cachoeira, respeitar os ciclos e ritmos cósmicos, buscar o autoconhecimento sem  medo da própria cara. É não ter medo da passagem do tempo, é dançar ciranda de mãos dadas com os amigos, entender os mitos e ajudar sempre, antes mesmo que alguém precise pedir ajuda. É gostar de barriga de grávida, de plantas, crianças e jardins. É ser diferente mesmo se sabendo tão igual, é amar toda a criação se reconhecendo como parte de Deus.

 

Escrito por

Psicoterapeuta Junguiana pós-graduada pela FACIS e IJEP e Expertisse em Terapia Floral de Bach.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s